Scroll to top

Adversidade x oportunidade – emoção e razão unidos pela educação!


Sem comentários

 Por Profª Marcia Carvalho – UFRJ

No início da quarentena, me peguei com os seguintes pensamentos:

– Não posso dar aula, mas meu coração bate no ritmo de uma sala de aula repleta de jovens calouros. Preciso encontrar uma forma de estar junto deles.

– Onde estão aqueles olhares curiosos perguntando quem é essa senhora que mistura seriedade e bom humor e fala sobre contabilidade transmitindo amor?

– Como conter a batida ritmada de um coração apaixonado e enclausurado, que está sozinho e distante dos olhares atentos daqueles que se denominam aprendizes iniciantes?

– É impossível permitir que a pandemia silencie um coração que bate sem parar na busca de um caminho para os jovens calouros encontrar.

– Primeiros dias: coração, você terá que aguentar, pois a quarentena veio para ficar…

– Final da primeira semana: coração saltando, parece que vai infartar…

– Segunda semana: coração, tenha piedade, pois em busca de um remédio eu estou para o acalmar…

– Terceira semana: coração descompassado pela alegria de um remédio ter encontrado para junto, não apenas dos calouros, mas dos alunos e interessados em contabilidade, estar.

– Quarta semana: coração em festa pela descoberta de que o Podcast Mestre Contábil não é apenas um caminho para encontrar os alunos, mas um universo de possibilidades infinitas que a paixão tem para criar!

O desafio da quarentena foi além do que se imaginava. Não se trata apenas de não poder sair nem encontrar familiares e amigos, entre outras atividades. Nem mesmo de realizar outra parte do trabalho docente (pesquisa, orientações, revisões, reuniões etc.), a qual é perfeitamente possível em home-office. O maior desafio foi o distanciamento da sala de aula, das trocas que realizamos com nossos alunos, pois ensinamos e aprendemos. Assim, cada hora/aula é composta por momentos de intenso aprendizado mútuo.

Não consegui me imaginar distante dos alunos. Ao ouvir um podcast de notícias canadense, vi surgir na minha frente a imagem de um podcast para tratar de temas contábeis para iniciantes e interessados em Contabilidade. O que a princípio era apenas minha fértil imaginação logo ganhou formato, música de abertura, nome e tema. Por ser uma apaixonada por cinema que ama comédias, drama e ficção (Star Wars, Marvel…), me apropriei da ideia do Mestre Yoda como símbolo do meu podcast. Assim, iniciou-se a saga da criação do Podcast Mestre Contábil.

Diante de tantos detalhes que envolvem a criação de um podcast (pensar em um nome, encontrar imagem e música de domínio público, buscar o tipo de letra a ser usado, as cores que ajudam a atrair a atenção), esse movimento me reportou à criação do jogo “Simulação de Escritório Contábil”, elaborado por mim e patrocinado pela Atlas/GEN. A mesma sensação tomou conta de mim, e eu estava lá novamente na busca por contribuir para o aprendizado de forma lúdica, de forma a aproximar o aprendiz do objeto de estudo. Desenhei o caminho e o observo durante o percurso, mas quem está no centro do processo é o aprendiz, e isso é a maior alegria para uma apaixonada pelo ensino.

Não é um momento agradável o que estamos passando, mas ele está nos possibilitando descobrir o potencial criativo que nos habita. Ao me dedicar à criação do Podcast Mestre Contábil, não percebi as horas passarem, derramei menos lágrimas, pois ouvi menos notícias nesses dias, e consegui me manter ocupada, colaborando para que outros pudessem se ocupar também, como os que me auxiliam na condução de cada episódio e os convidados. Em quase todos os episódios, os interessados são convidados a enviarem perguntas sobre o tema através do Instagram  @profa.marciacarvalho.

Imagem de apresentação do Podcast Mestre Contábil

A imagem foi cedida pela Atlas/GEN e a música usada é de domínio público (nº 57 – Cavalgada das Valquírias – da ópera As Valquírias – dominiopublico.gov.br). A edição e a disponibilização do Podcast Mestre Contábil são realizadas na plataforma Anchor. É possível ter acesso em: #Spotify #Apple #Google Podcasts #RadioPublic #Breaker #Pocketcasts.

O Podcast Mestre Contábil foi lançado no dia 06/04/2020 com seu primeiro episódio, e uma grata surpresa foram as mensagens enviadas pelos ouvintes, entre eles profissionais parabenizando pela inciativa:

“Sua iniciativa é muito legal. Eu queria ter tido contato com esse tipo de material quando estava na faculdade… São assuntos atuais, conectados com a realidade e o dia a dia.”

A seguir, apresento outras mensagens recebidas:

– “Muito show o podcast! Parabéns aos envolvidos e muito obrigado por estarem buscando meios de facilitar a troca de informação conosco, que estamos iniciando o curso.”
– “Eu tô gostando demais desse podcast.”
– “Muito incrível ela colocar profissionais das áreas também.”
– “Esse podcast ficou muito bom!! Excelente ideia colocar dois especialistas pra falarem de suas respectivas áreas… Muito bom! Top top.”
– “Adorei a mensagem que a senhora passou… é inspirador ver profissionais da área que desejo seguir defendendo o feminismo de forma tão segura e ao mesmo tempo tão leve e compreensiva!”
– “Obrigado por continuar me passando conhecimento mesmo não sendo mais seu aluno.”
– “Ficou sensacional! Muito lindo o trabalho! Claro que agora será repassado aos meus alunos!”

Para complementar as mensagens recebidas, três semanas após a divulgação do podcast no Linkedin, contabilizamos mais de 1.000 visualizações, e o primeiro episódio chegou a 336 reproduções. Ao ver essas informações, pensei: assim a professora vai precisar de mais um remédio, mas agora para o coração, que está explodindo de tanta alegria por ter conseguido criar uma alternativa para a suspensão das aulas presenciais. Todos aprendendo protegidos e em suas casas.

O que a princípio tinha como meta criar uma ponte que me permitisse chegar aos alunos durante a quarentena se transformou em algo que continuará como complemento, afirmando que o uso da tecnologia no ensino não é apenas mais uma opção, mas, sim, o caminho.

Não há limite para quem ama o que faz e compreende que é na diversidade que temos oportunidade de desafiar nossa capacidade e ir além do que imaginávamos. A mente, junto com o coração, é capaz de atravessar fronteiras ditas intransponíveis. Há muitos exemplos no mundo; basta olharmos com atenção. Em especial, cito Dorina Nowill (https://www.ebiografia.com/dorina_nowill). Seu lema:

“Vencer na vida é manter-se de pé quando tudo parece estar abalado. É lutar quando tudo parece adverso. É aceitar o irrecuperável. É buscar um caminho novo com energia, confiança e fé.”

Posts Relacionados

Postar um comentário